Sala de leitura

sala-leitura

A Gestão de Documentos foi definida na LEI Nº 8.159, DE 8 DE JANEIRO DE 1991, que dispõe sobre a política nacional de arquivos públicos e privados e dá outras providências

Art. 3º – Considera-se gestão de documentos o conjunto de procedimentos e operações técnicas referentes à sua produção, tramitação, uso, avaliação e arquivamento em fase corrente e intermediária, visando a sua eliminação ou recolhimento para guarda permanente.

A aplicação desta técnica permite que a Instituição utilize a documentação de maneira correta e passe a controlar o seu acervo documental. Desta forma a Instituição soluciona os problemas decorrentes da falta de um programa de gestão, como:

  • Perda, duplicidade e extravio de documentos;
  • Falta de espaço; dificuldade no acesso e na localização da informação;
  • Controle manual de fluxo; e falta de padrão para elaboração e tratamento de documentos.

 

01 – Como avaliar documentos de arquivo

02 – Como classificar e ordenar documentos de arquivo

03 – Como fazer analise diplomática e analise tipológica

04 – Como fazer programas de reprodução de documentos de arquivo

05 – Como fazer conservação preventiva em arquivos e bibliotecas

06 – Como descrever documentos de arquivo elaboração de instrumentos de pesquisa

07 – Como fazer programas de reprodução de documentos de arquivo

08 – Como fazer análise diplomática e análise tipológica

09 – Como implantar centros de documentação

10 – Como elaborar vocabulário controlado para aplicação em arquivos

 

Fale Conosco

Parceiros

VRS Contábil
parceiro-t4
parceiro-t3
parceiro-t2
parceiro-t1